segunda-feira, 12 de setembro de 2011

A Volta Para Casa

Tem coisa melhor que voltar para casa??? não tem...
A festa da nossa sobrinha foi lindaaaaa, e a recepção que tivemos nesses dias em Ribeirão Preto foi tão boa, que ja estava com vergonha de estar encomodando...
Passeamos muito, comprei algumas roupas para Davi ja que ele esta naquela fase de perder, compramos uns brinquedinhos ja que a mamãe aqui não levou nenhum, o levamos para brincar, foi um passeio bem voltado para o Davi...
E o avião??? tinha que pegar o bendito para o meu desespero, alem de ter que pegar 3, teriamos que ficar parados em Brasilia por 5 a 6 horas...
E pegamos o primeiro, que era de Ribeirão para São Paulo, aeroporto de Congonhas, poxa, detesto ele depois daquele acidente da Tam ( e ele que me mostrou que decolagens e pousos ñão são a parte mais segura, rs, que não da mais para vc ficar tranquilo e dizer que chegou bem e a viagem terminou) fiquei impressionada, pois são muitos predios ao redor e me pergunto como conseguem morar ali, com aquele barulho, afinal sem brincadeira, é um avião atras do outro, não ha descanso...
Eu sou a favor de fechar esse aeroporto, pois alem de estar ja no meio da cidade, acho a pista dele muito curta, e como aconteceu no acidente, se um avião não consegue freiar ou qualquer outra coisa, ainda bate em casas ou lojas matando mais gente...
Bom voltando ao vôo, eles começaram a servir o lanche e derrepente o piloto avisa que logo estariamos pousando, eles não conseguiram servir nem a metade das pessoas, ate que uma SIMPATICA aeromoça fala pelas caixas de som, que eles pediam desculpas, que não puderam começar a servir antes por causa das turbulencias e que iriamos pousar... ate ai tudo bem... o problema e que alem dela demorar a falar, ela gaguejava, não conseguia falar, ficou com a voz tremula, de quem estava com muito medo...
Ah que odiooooo, pensei, pronto ja era, é hoje meu dia, e comecei a chorar, afinal ja estava com medo, e meu marido dando uma olhada rapida viu que muitos se assustaram, mas no final não era nada...
Bom de la fomos para Brasilia, e teriamos que ficar seis horas por la...
Não foi facil, afinal Davi não queria ficar parado, mas deu para cuidar...
Agora viajar de avião so quando não der para ir de carro, mas fora isso, jamais hahaha, muito medo, parece que o avião vai cair a qualquer hora...

E sobre a rotina, na viagem foi tudo por agua a baixo, então vamos voltar com força total...


E aqui o pequeno fazendo o que mais gosta:

8 comentários:

  1. Oi Rafa! Que bom que fizeram boa viagem e o melhor de tudo é que já estão em casa!
    Ai Rafinha fiquei imaginando a cena de todo mundo apavorado no avião e vc chorando! Se não fosse trágico, seria ao menos engraçado.
    Sabe que quando estava voltando de Londres, quando eu entrei no avião tinha uma moça que não parava de chorar, e eu estava grávida de 12 semanas da Luísa (já fiquei achando que a moça era uma terrorista que ia explodir o avião e tava chorando antes da hora) haha.
    Depois com as turbulências que o avião passou eu jurava que não ia chegar em casa viva. Santo DEUS.
    Mas faz parte haha.
    Beijooooos

    ResponderExcluir
  2. Oi, Rafaella!
    Tudo bem?
    Aquele tapetão que você perguntou custou R$ 80. Ele é ótimo, bem grandão e fácil de limpar, adorei. Sem falar que é só abrir e colocar no chão, não precisa montar nada!
    Qualquer coisa é só falar, viu!
    Obrigada pelas visitinhas!!
    Beijosssss

    ResponderExcluir
  3. Oi Rafa!! Então aproveitaram bastante a viagem! Que bom!! Beijos e boa semana!

    ResponderExcluir
  4. Ai que medo. Eu no seu caso tb ficaria apreensiva. Mas ainda bem que no final deu tudo certo.
    Por aqui tb comprei umas coisinhas para a Laura porque eles ainda perdem roupas muito rápido, não tanto como no começo, mas vai rápido.
    E estiveram em Ribeirão Preto? Pertiiiinho de Araraquara. 90km só. É um cidadão, né?! Fiz faculdade em Ribeirão, morei 4 anos lá e adorava.

    Bjos.

    ResponderExcluir
  5. ai amiga q sacanagem! eu no seu lugar tb teria ficado com muito medo! eu heim! uma vez peguei um avião q foi turbulencia o caminho todo, fiquei tão agarrada na poltrona q so percebi que estava tensa quando pouco, pra me desgrudar d lá rsrs bjs

    ResponderExcluir
  6. Eita que delicia é viajar ne?

    O Filhote cada dia mais lindo!!!

    bjo Jana

    ResponderExcluir
  7. Nossa Rafa fiquei aflita só de ler sobre o avião, imagino vc que estava lá...tbém n gosto não, sempre fico lembrando dos acidentes.
    Mas que bom que a viagem foi boa e o Davi se divertiu.
    Beijos e boa sorte na volta a rotina.

    ResponderExcluir
  8. Olha, eu trabalho perto do aeroporto de Congonhas e te digo: é um inferno aquela barulheira. Você está falando com alguém e tem que esperar o avião passar se não não te escutam.

    Sou totalmente a favor do seu fechamento, também.

    Eu nunca tive medo de avião até o dia em que nosso avião perdeu altura de repente e 'caiu' por alguns segundos. Foi tão traumático que até hoje eu começo a suar frio quando estou em um. Em qualquer turbulência eu fico em pâncio. E olha que eu morei na Inglaterra, viajava muito. Era bem complicado. Tentava me tranqüilizar com aquela estatística de que você tem muito mais chances de morrer num acidente de carro do que num de avião - há mais acidentes de carro para o número de carros circulando do que acidentes de avião para o número de aviões circulando - mas não dava muito certo!

    E hahaha, que medo de ele cair nesse vídeo! Mas ele deve ter se divertido muito! Beijos!

    ResponderExcluir

Davi e eu adoramos sua visita...