terça-feira, 18 de outubro de 2011

Preocupadissima com a alimentação do Davi

Uma coisa sempre foi fato na vida do Davi : nunca foi bom para comer!!!
E na idade certa não estimulei, de almoço e janta, dava quelas papinhas da nestle, sem pedaços, e sempre que tentava dar algo diferente, ou com pedaços ele não aceitava...
O problema e que hoje ele esta piorando, não come mais a papinha nestle, não é tudo que ele aceita comer, e quando aceita é uma ou duas colherzinhas de nada...
E o pior disso tudo é que ele ja esta enjoado da mamadeira e não come quase nada...
Come macarrão (ainda, porque logo não vai querer mais) pipoca, pão, bolo de chocolate e danone...
Mas ate essas besteiras come pouco...
E ele esta ficando cada dia mais magro, isso me preocupa demais, pois ele ja é magrinho...
Aqui é a empregada, a baba, mamãe, papai, vovó, vovô, titia e ate o priminho para ver se ele come, mas nada da certo...
Ja falei com mil e um pediatras e sabem o que todos dizem??? que eu tenho que tentar, ou deixar com fome...
E juro mamães, ja fiz de tudo, ja tentei com calma, brincando, zangada e ate dando uns tapas (para ver se pelo menos com medo ele comia, me arrependo muito tadinho) mas nada, nada disso da certo...
Não sei mais para quem recorrer...
Sera que uma nutricionista seria a solução??? pois ela sabe mais sobre os alimentos, o que eu posso fazer ou não, e quanto tempo posso deixar sem comer, ou ate dicas mesmo...
So sei que estou perdida...
E isso não é por causa da mudança porque um pouco antes dela acontece ele ja estava ruim e emagrecendo...

12 comentários:

  1. Esse é um dos assuntos mais chatos mesmo... o Ciro é de fases, tem épocas que bate prato de adulto e em outras não aceita nem guloseimas que, desesperada, tento empurrar.
    O que fiz foi pedir opções ao pediatra, que no caso dele, passou um polivitamínico (Clusivol) e o Pediasure, que na emergência, substitui uma refeição.
    Espero que seja só uma fase e que seu pimpolho volte a comer bem.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Olha Rafa, vou falar a minha experiência. Daí vc junta com as outras dicas, faz um mistura e faz o que vc, mãe, achar o melhor.

    Laura no começo era difícil de comer. Perguntei ao pedi e ele, natural que é, disse para eu oferecer, sem brincar nem ficar brava, todo dia no mesmo horário a comida. Fazer todo um ritual. Colocar na cadeira, montar o prato e oferecer a comida. Se negar, esperar um tiquinho com a criança ainda ali, tipo uns minutinhos, e oferecer de novo. Se não quiser de novo, explicar: olha, esse é o seu papá, se vc não quiser, vai comer só daqui umas 2-3 horas (que seria um lanchinho, uma mamadeira...) no meio da tarde. Até lá, vc não vai comer NADA. Se ele não quiser mesmo assim, não ameçar nem ficar brava... tirar ele da cadeira e deixar à vontade.
    Se depois de uma meia hora ele chorar, vc faz tudo de novo e oferece novamente. Se ele não quiser, NÃO É PARA OFERECER MAIS.
    Daí só oferecer outra coisa daqui 2-3 horas. E sim, deixar com fome. É duro, mas é necessário.
    Diz a lenda, que em 3-4 dias ele estará comendo o papá porque vai pensar: puxa, deixa eu comer se não vou passar fome de novo.
    Mas olha: tem que ser firme e persistente. É todo dia oferecer e todo dia não oferecer outra coisa para substituir.
    Com Laura funcionou.
    Depois vc me fala.
    Boa sorte.

    Bjos.

    ResponderExcluir
  3. Rafa, eu acho que tem um pouco haver com idade, deve ser fase. Aqui o Enry era ótimo pra comer, comia tu-do, mas hj é um sacrifício comer um prato todinho, e olha que coloco pouco. E começou mais ou menos na idade que o davi tá, mês que vêm vai fazer três anos e não tá nada melhor!
    Tem dia que nem as besteiras que ele gosta ele come.
    Tbm fico preocupada, pq ele sempre foi magrinho, e ele já perdeu dois quilos nos últimos meses.
    Estava até falando pro maridão, que ia pedir uma vitaminas pra pediatra, quem sabe não ajuda né?!

    beijos

    ResponderExcluir
  4. bom por aqui como a Lavinia é mais nova até que ela come bem, mas tem dias que tbm não ta afim! Tenho 3 subrinhos, um deles é bem dificil para comer e o unico jeito foi deixar a comida mais colorida e até fazer carinhas, desse jeito mais divertido ele ia comendo :)
    assim foi dando certoo...

    ResponderExcluir
  5. Acho que é ter paciência mesmo. Ainda não entrei nessa fase, mas lembro que quando era mais nova, minha irmã caçula não comia de jeito nenhum e minha mãe ficou preocupada e levou ela no médico. Os exames estavam Ok e o médico disse que criança com comida em casa não morre de fome. Não passou vitaminas, nada. E não é que depois ela começou a se alimentar melhor? Mas até hoje a variedade de comidas que ela gosta é pequena, mas do nada ela voltou a comer e ganhou peso. rsr! Beijos

    ResponderExcluir
  6. Oi, Rafa! Que chato isso, hein?! Preocupa muito a gente, né?
    Olha, eu também acho que isso deve ser uma fase. Mas pensei em algum esporte, o Davi pratica algum?
    Lembro que quando eu era pequena e fazia natação chegava em casa morrendo de fome. De repente pode ajudar, quem sabe.
    Boa sorte aí, viu?
    Beijos!!

    www.nosso-primeiro-baby.blogspot.com

    www.cariocandoporai.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Adorei todas as dicas acima! Acho q vale a pena procurar uma nutricionista sim! Bjs

    ResponderExcluir
  8. Papinha da nestle é 8 ou 80 né....
    Ajuda, quebra o maior galho, mas deixa as crianças sem vergonha....
    tenta deixar ele com fome, não dar bobeiras, pq dai ele vai comer melhor.
    Vale a pena tentar heim.....

    bjuss

    ResponderExcluir
  9. Rafa isso é complicado.
    Alimentação não é fácil e é um hábito que se adquiri desde bebezinho.
    Eu sempre estimulei Samuel com 5 meses ele começou a comer papa de frutas, aos 6 meses papa salgada amassada com o garfo, a nestlé em casos de emergência, porque os bebês são preguiçosos e preferem a Lei do menor esforço. Aos poucos fui inserindo novos alimentos e hoje com 10 meses ele já come arroz, feijão, carne moida, frango desfiado, brócolis, couve, beterrada rsrsrs, nunca dei danoninho. E sempre fiz questão de deixar ele a mesa nas horas da refeição com a família. Agora pra você com 2 anos fica mais difícil mudar os hábitos.
    Uma dica é deixar os pratos dele divertidos, com carinhas, bichinhos etc, vc encontra muitos modelos na net. Deixar ele a mesa com vocês e deixar comer o que ele quiser e quanto quiser.

    bjks e sorte

    ResponderExcluir
  10. Rafa
    Concordo com o que as meninas disseram acima. Mas mais do que isso, alimentação vem também do exemplo que damos... vc tem que comer o que quer que ele coma e perto dele, fazendo cara de coisa gostosa!!! E se ele não quer comer na hora, deixa sem comer que de fome não morre e só dá a comida depois de um tempo. A introdução dos alimentos novos deve ser feita aos poucos para ele ir acostumando com as texturas e novos sabores. Vá colocando um tipo de cada vez, nem que vc tenha que fazer sopinhas agora no começo, mas sem bater no liquidificador ou mixer, amassa com o garfo e aos poucos vai deixando mais pedaçudo. Espero que dê certo e qualquer coisa pede ajuda que estamos aqui para isso. Beijos mil

    ResponderExcluir
  11. Oi Rafa!!!

    Saudades de passar por aqui, viu?!
    Ainda bem que hoje deu um tempinho... Vc viu só que bacana nossas mini férias?! Pois é, aproveitamos bte. E lendo esse seu post sobre a alimentação, fiquei pensando sobre o quanto que o Lucas comeu enquanto estávamos lá... nossa!

    Sabe Rafa, eu acho que as crianças são muito mais espertas do que imaginamos e ele já deve ter percebido a sua aflição por ele não comer direito.

    O que o pediatra falou? O peso dele está bom para a idade ou ele realmente está abaixo?

    Porque se ele estiver com um peso bom embora seja magrinho como vc disse, ele tem sim suas reservas e apesar de ficarmos com os cabelos em pé por eles não comerem o tto que gostaríamos, eles ficam bem.

    Uma idéia seria hidratar bem ele (ele toma água?) e deixá-lo a vontade. Tipo quer comer, come. Não quer comer agora, quando estiver com fome come o que for apresentado. E aí vc oferece coisas saudáveis para ir substituindo devagarinho os doces, pipoca, essas coisas...

    É difícil, neh?!
    Sou super solidária porque quando o Lucas fica dodói e não quer comer eu fico muito preocupada. Imagina se fosse sempre. Mas não adianta, acho que não dá pra desistir, logo ele aprende a comer melhor, vc vai ver!

    Boa sorte, amiga!
    Beijão
    e desculpe o mega comentário ;-)

    Ju

    ResponderExcluir
  12. Querida sou nutricionista e sabe que isso é o que mais as mães reclamam, nós temos dicas. Mas se a criança não gosta, ai fica dificil mesmo.
    Mas desde cedo o bom mesmo é começar com as papinhas caseiras, exatamente pra criança não gostar dessas preparadas.
    Bom mais agora o problema é outro. Ele já está na escolinha?
    Quando a criança está com outras crianças acaba imitando o que os outros fazem.
    As vz dá certo, mas tam´bem depende da escolinha, tem escolinha eu tem refeição tem escolinha que não.
    Vc já deu remédio para verme?
    Se não, ve qual pode dar, fala com seu pediatra, também pode ser um caminho.
    Bjs

    ResponderExcluir

Davi e eu adoramos sua visita...