quinta-feira, 26 de julho de 2012

O comportamento do filho na hora de sair

E ai como são os filhos de vocês na hora de sair??
Tenho que dizer que aqui é dificil... Davi sempre deu muito trabalho... Mas não de ser mal criado ou mal educado...e por querer explorar o local.. o maximo que puder inclusive...
Quando ele estava na fase de engatinhar, ele chorava, gritava e chorava mais enquanto não o colocavamos no chão, e temos que dizer, 99% dos lugares não da para soltar para engatinhar, pois grande parte dos chãos estão sujos, de tanta gente que pisou, pode ser restaurante, shopping, tudo...
Imaginei que quando ele começasse a andar daria para soltar e assim seria muito mais facil... leve grande engano...
Davi sempre foi muito eletrico, agitado e espoleta. é não era daquelas crianças que so ficavam ali na mesa, era daquela que ja saia rapido, por mais que caisse varias vezes, e queria explorar o lugar...
Ai teve a fase em que ele começou a correr para rua... não podia soltar o menino que se achasse algum portão aberto, ou quando estavamos em algum lugar, ele procurava a rua mesmo...
Agora é so a fase de correr... O que acontece é que Davi começou a correr mais rapido do que eu e o pai ainda consegue alcançar com dificuldades... otimo para dar aquelas sumidinha em loja, shopping e etc.. ja passamos muito sustos, ja demos broncas, palmadas e ate colocamos de castigo...
Se adiantou? não, não adiantou!!!
Assim deixamos de sair muitas vezes, e alguns lugares nem tentamos frequentar, como lugares com muita gente, igreja, casamentos então...
Simplesmente fico extressada, não consigo curtit, ou aproveitar, Davi é agitado o tempo todo, é sempre correndo, não sei de onde vem essa energia...
Na ultima reunião da escola vi uma mãe comentando o quanto o filho dela é tranquilo, que anda do lado, não tem problema dele correr e nada, que é super comportado...
Me perguntei o que fiz na criação dele em que pudesse fazer ele tão espuleta... E vi que desde novinho sempre estimulei Davi a explorar, a tentar ser independente na medida do possivel...
Aos 3 mêses quando ele tinha refluxo, em que não dormia a noite, mamava de 30 em 30 minutos porque o leite ia todo para fora, eu coloquei um colchonete no chão, e colocava brinquedos ao redor, para ajudar a estimular, e assim descansava meus braços de tanto que ele queria ficar no colo...
Ali ele aprendeu a girar, a se arrastar, a tentar chegar nos brinquedos, a ver as gatas ao redor do colchão e tentar chegar ate elas, e assim engatinhar...
Tanto que Davi ficou em pe no berço pela primeira vez com 5 mêses, e ele tambem tinha a curiosidade, Davi sempre foi curioso de querer explorar tudo ao redor, de sempre ter muita energia...
E vi que ele é assim, é o jeito dele...
Tambem reparei que é da idade, direto passeando vejo muitas mães com seus filhos da mesma idade  dando uma bela bronca porque o menino saiu correndo...
É dificil, porque não da para sair com eles, mais ao mesmo tempo temos que sair para eles aprenderem a se comportat...
Hoje os restaurantes são escolhidos entre se tem o playground ou não, virou essencial rs...
Mas nessa volta para creche senti algumas coisas que me deixaram mais feliz e tranquila, por exemplo, ele entra na faculdade e corre para a sala da creche, isso ate hoje acontece, mas na hora de sair ele sai tranquilo, sem querer correr pela faculdade como antes, e ate segura minha mão...
Sinto que estamos tendo algum progresso e que essa fase esta querendo começar a passar, apesar de saber que ainda vai demorar, so de começar a ver que ela um dia vai passar, me da animo e energia ate para estimular mais as saidas e tentar fazendo ele se comportar na medida do possivel...

11 comentários:

  1. Parabéns pelo progresso minha linda :)
    O Daniel também sempre foi eletrico, entendo muito bem vc. Beijos

    ResponderExcluir
  2. Bom aqui também não consigo ir a lugar nenhum com as meninas sem me estressar.
    É um tal de correr, mexer em tudo, fazer escândalo quando a gente diz não pra alguma coisa.
    Luísa me dá muito trabalho, esses dias ela saiu correndo em direção a rua, consegui puxar ela pelos cabelos, ela chorou muito, pelo menos evitei que ela fosse atropelada.
    Antes de sair com elas eu penso mil vezes hahaha.
    Acho que é fase
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Oi Rafa, cada pessoa é de um jeito e que bom que vc respeita o jeito dele!! Tudo de bom pra vcs.
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Oi Rafaella,

    eu não entendo muito de criança mas sei que tudo tem sua fase.
    Nessa de correr para tudo que é lado, é preciso ter atenção redobrada. A medida que você for ensinando, ele vai aprendendo que agir assim tem risco, parece até que ele já está aprendendo isso.
    Enquanto isso os lugares protegidos e fechados são necessários. Já deixar de sair e se divertir acho que não é bom.

    Bejim.

    ResponderExcluir
  5. Nossa o Enry tbm ama correr! E sabe o que faço??? Calço um tenis nele, levo ele na pracinha, e solto!! Ele corre uma meia hora, serio!! hahahaha
    Acho que vai ser maratonista!!!
    Mas no dia a dia, sou mais energica. Tipo chata mesmo! Qndo vejo que ele quer correr, eu pego na mãe dele, e não solto. Ele reclama, mas como sabe que não tem jeito, acaba ficando sempre por perto! rs
    Mas fica tranquila, uma hora há de passar essa fase! hahaha

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Eu acredito que seja da idade, minha filha também gosta de correr e isso de repente, sem aviso prévio. Está andando calma do nosso lado e, do nada, desata a correr. Por enquando ainda estamos correndo mais rápido que ela...rs. Abraços!

    ResponderExcluir
  7. Cá por casa tb tenho 2 assim, mas com idades diferentes... suponho q o facto de seres sossegados ou n tem a ver com o feitio deles, acho q já nascem assim, curiosos, espevitados... nem sp é facil lidar com eles mas confesso q n gostava nada de ter filhos molengas e sem energia :)

    Bjs grandes

    ResponderExcluir
  8. Agente tem que contar a até mil e as vezes acho que nós é que cansamos mais!!! Cris

    ResponderExcluir
  9. Obrigado pela visita, adoro quando aparece pelo meu cantinho.
    Estamos nessa espera agoniante, mas espero que meu bebê chegue logo.

    Bjos nossos!

    Como sempre todos os meninos parecem ser elétricos!

    ResponderExcluir
  10. Olá querida!
    Eu sei que é estressante, mas aos poucos você vai ver os progressos como tem visto nesses retorno a creche.
    Tem crianças mais elétricas e outras mais calmas mesmo, cada um tem seu temperamento, mas essa correria louca pelos lugares vai passar. Tenha fé, passa! rsrsrsrs.
    Minha filha sempre foi calma, mas ajudei a cuidar de 3 sobrinhos e cada um era de um jeito.
    Um beijo bem carinhoso da Equipe Recanto.

    ResponderExcluir
  11. É ótimo a criança ser curiosa, querer explorar tudo. Faz parte das descobertas. Mas, desde cedo, eles precisam aprender a ter medo. Pode parecer cruel, mas é quase uma questão de sobrevivência!
    Por exemplo, no caso dele querer correr pra rua. Qual seu medo? De que ele seja atropelado, que se perca de vc ou que alguém leve ele. Explique tudo isso pra ele. Que é perigoso, os carros podem machucar ele, que ele pode se perder de vc. Ensine a não conversar com estranhos sem vc por perto.
    Infelizmente, é assim... Não queremos que eles tenham esse sentimento de medo, mas ele é necessário nos dias de hoje. Eu lembro que, quando criança, eu não me afastava dos meus pais nem atravessava a rua sozinha porque tinha medo.

    Espero ter ajudado! Beijo!

    ResponderExcluir

Davi e eu adoramos sua visita...