segunda-feira, 3 de setembro de 2012

Os medos..

É engraçado ver como os medos vão mudando...
Hoje Davi ja escuta qualquer barulho dos vizinhos, e em alguns dias ja pergunta todo medroso:
-Que baulho é esse???
A vó paterna de Davi disse que o pai era igualzinho quando pequeno...
Mas medo, medo mesmo, é de qualquer bichinho rastejante ou pequeno, seja minhoca, grilo, qualquer um...
Agora pavor é de barata, esse ai ele grita, pula, chora, o menino entra em desespero...
Tudo bem que a mãe aqui é medrosa, mas minha reação ao ver uma não chega nem perto disso, na frente dele então, não esborço nenhuma, então nem sei porque esse medo todo, não sei se pela velocidade dela, so sei que o menino tem pavor mesmo...
Medo de escuro ele sempre teve pouco, e a cada dia esta perdendo...
Outros medos e de ficar só dentro do carro, ou ate dentro de casa, tipo, eu ir guardar o carro e ele ficar na área coma a grade fechada, nem sei porque tambem ja que nunca ficou só..
Sempre sabe que voltamos...
Me pergunto, quais são os medos daqui um ano?! Muda tanto ne...

23 comentários:

  1. Que bom que muda e acho legalQ!! Agente se diverte né!!!!! Cris

    ResponderExcluir
  2. E outros medos nunca somem...eu morro de medo de ouvir barulhos tbm, qndo estou sozinha..rsrs....sou um pouco apavorada #confesso

    Beijos!!!!

    ResponderExcluir
  3. Oi...

    Passo para visitar seu blog e te convidar para o sorteio de aniversário de 1 ano do meu cantinho.

    http://filhadejose.blogspot.com.br/2012/08/sorteio-de-aniversario.html

    Excelente semana pra ti.

    Ana Virgínia

    ResponderExcluir
  4. \Eles mudam muito rápido, em todos os sentidos né, quando percebemos ele andam com seus próprios pés e a gente tenta acompanha-los rsrs bjs

    ResponderExcluir
  5. Aqui em casa o Isaac morre de medo de furadeira, quando começa o barulho arrega-la o olha e já começa a chorar. Essas crianças. Obrigada pela visita. Vim retribuir e estou te seguindo,segui o meu tb. Bjss
    Vivi e Isaac

    http://isaacparasempre.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. kkkkk ri muito vc relatando os medos do seu meninão...kkkkkkk se eu meu bebe puxar o pai tambem vai ser super medroso..pois meu marido tem pavor de barata kkkkkk..nossa morro de vergonha de dizer isso mais e a pura verdade kkkkkkkk.....
    xauzinho beijinhos fique com DEUS

    ResponderExcluir
  7. clarice tb tem medo d bichinhos pequenos, nem digo q é medo, digo q é nojo! quando ela ve um começa a balançar as mãozinhas e mexer os pesinhos como quem mostrasse q esta com nojo e eu axo uma graça rsrsrsrs ela tb ñ gosta d pegar em algodão rsrsrsrs mas é assim, vai mudando, escuro ela ñ tem nenhum medo, mas sei lá, eles mudam né??? axo q o q podemos fazer e mostrar q estamos ali nesses momentos! bjsss

    ResponderExcluir
  8. É assim mesmo. Por aqui também tem alguns desses medos que você citou e outros diferentes. O lado bom é a prudência. Criança muito ousada está mais suscetível aos perigos. Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Oi Rafaella,

    alguns medos são importantes para a nossa sobrevivência, outros vão passando com o tempo. O importante é mostrar qual não faz sentido.
    Até hoje tenho medo de barata, grito tanto que todo mundo escuta, isso quando morava em BH, agora aqui em Lagoa Santa não existe baratas em minha casa, mas existem as lagartixas que também ganham muitos gritos assustadores.

    Bejim e ótima semana.

    ResponderExcluir
  10. Acho que a vida com um filho é tão mais feliz...curte mesmo, deve ser muitoooo bom!!

    beijos

    ResponderExcluir
  11. Muda mesmo, esse lance da barata vc tem que mostrar pra ele que ele é maior que ela, portanto, ela não oferece perigo. Pq senão ele pode crescer com pavor disso. Conheço gente que tem verdadeiro pânico ao se deparar com uma... e sei que isso é tenso demais!
    Excelente terça ^^
    Beijinhos ;*

    http://www.bycarolinaa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Rafaella do rostinho tão lindo, obrigada pela sua presença que me alegra o coração!. A criança não sabe explicar por isso ela lê com muita atenção nosso semblante. É preciso cuidado para que nossos medos não se mostrem no rosto! Se é questão de genética também não sei afirmar, mas o medo tem que ser conversado, explicado. A criança não tem noção do retorno. Espero que logo tudo passa! beijinhos a ele e a você! Tudo de bom!

    ResponderExcluir
  13. Ainda bem que medo de crianças passa rapidinho,só o meu medo de baratas ainda nào passou beijos

    ResponderExcluir
  14. Interessante, nunca tinha parado para pensar nos medos das crianças....
    A minha Julia ainda é pequena, acho que não tem medos ainda.....

    ResponderExcluir
  15. Mudam sim, uns somem, outros aparecem, uns crescem, outros diminuem.
    Nada de nóias, mas o direcionamento que vc e quem cerca ele dá a esses medos vão moldando a visão de mundo, o jeito, a postura dele diante de seus medos, anseios e limitações.Seguem dicas:
    http://revistacrescer.globo.com/Revista/Crescer/0,,EMI62873-15152,00.html

    ResponderExcluir
  16. Nossa é verdade Rafa, o SUS pra algumas poucas coisas serve. A maioria tem que ser pelo convênio que a demora é demais.
    Esta fase vai passar com certeza, não sou mamãe ainda, me formei professora da educação infantil e sei que nesta idade é assim mesmo, algumas crianças se for medo em excesso tem até que ir para o psicólogo para tratar, não que seja o caso do seu filho ta? Deus abençoe muito vocês.
    Bjus!

    ResponderExcluir
  17. Amiga, tem um livro da Ruth Rocha, que o título é "Quem tem medo de quê?" Acho que é muito bom para essa fase do seu pequeno, eu também sou muitoo medrosa, mas às vezes passa logo, beijoss!

    ResponderExcluir
  18. Ain rsrs eu morro de medo de baratas kkkk quando meu pai passa remédio para matá-las eu não durmo a noite... já passei noites chorando acredita?? Eu sou medrosa também até hoje...
    E criança é normal tem medo... meu sobrinhos tem medo de ir nos fundos de casa pq é escuro hahaha
    Eu vou junto e digo que também tenho medo q ele tem que ir comigo rs ele se diverte...

    Davi deve ser lindo chorando com medo rs

    Bjinhos

    ResponderExcluir
  19. Ain amiga me faço uma pergunta dá onde surge esses medos né!
    Biah anda com medo da galinha pintadinha e ela sempre adorou chega a se tremer tadinha que dó... Que bom que acho que isso passa!!
    Bjoos

    http://annabeatrizrafaela.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Querida,que lindo seu "reizinho"Davi...Parabens...
    Obrigada pelo carinho no meu cantinho....
    Ja estou te seguindo..Bjs

    ResponderExcluir
  21. kkkkkkkkk
    Eu li e lembrei do meu Irmão!O bicho medroso.Ele quando era criança tinha medo de tudo meu Deus!kkk
    É tudo fase neh?Embora ele já esteja bem grande e ainda medroso!

    Concertei a barra de seguidores,quando quizer me seguir,estarei honrada!Beijos!!!

    ResponderExcluir
  22. Oie! Vim retribuir sua visitinha e li seu post...
    É muto curioso mesmo essa coisa do medo...influência não pode ser porque aqui eu morroo de medo de barata e afins e as meninas não tem medo de nenhum bichinho que seja...como disseram algumas meninas, é até bom qdo a criança tem certo medo pq evita muitos acidentes, pq aki é um "deus-nos-acuda"! rs Td hora em cima dessas bagunceiras pra ver se não estão se "aventurando" com algo perigoso. Até da moto do meu irmão elas perderam o medo...rs

    Bjs

    ResponderExcluir
  23. Os medos mudam mesmo.
    Cada fase eles superam uns e tem outros.
    O ruim é quando eles ficam com algum tipo de medo que atrapalha pra dormir. O filho da minha sobrinha está há muito tempo com medo de dormir no quarto sozinho com o irmão. Ele é grande e não tem conseguido superar. O pai fica no quarto até ele adormecer e isso faz tempo, bastante tempo.
    Buscaram orientação, era já pra ter passado, mas ainda não passou completamente.
    Eles tem orado muito por ele e com ele e isso tem ajudado.

    Aproveitando gostaria de agradecer pelo seu carinho lá no Recanto das Mamães.
    Beijinhos.

    ResponderExcluir

Davi e eu adoramos sua visita...